10 coisas que o Missionário não lhe dirá Escrito por Joe Holman   Joe Holman: Eu sou um pai normal, vivo em Cochabamba, Bolívia, com a mulher de meus sonhos, minha esposa desde 1984. Somos seguidores de Jesus Cristo e nosso desejo sincero é conhecer a Deus melhor, amá-lo mais e ajudar outros a fazer o mesmo. 24 AGO 14 Sei que posso ser criticado por esse artigo, por isso faça duas afirmações logo de cara. Afirmação 1 – Amo ser missionário. Este artigo apontará Continue

Conheça e caminhe com os Missionários Estevão&Glória. Conheça o projeto deles aqui: Projeto de Tradução da Bíblia para LIBRAS Estevão e Glória WhatsApp: +55 62 99120-1102 | 62 99437-6190 E-mail: estevao_bezerra@outlook.com | gloria_black@outlook.com Ofertas em Banco do Brasil | Agência 1003-0 | Conta corrente 5957-9 ou Bradesco | Agência 1343-9 | Conta Corrente 9266-1 em nome de Estevão Bezerra de Souza | CPF 737.687.407-06

Retalhos de Esperança é um projeto que apoia refugiados e pessoas em situação de vulnerabilidade.  Apoiamos vários projetos em Norte da África, Oriente Médio, América Latina e Europa, em dezembro faremos uma viagem missionária para o Senegal em parceria com Retalhos de Esperança, não fique de fora do que Deus está fazendo no mundo, te convidamos a participar desse projeto, entre em contato com Elisângela Lima e contribua. Dentre essas parcerias celebramos o privilégio de trabalharmos com o projeto bunekas que foi criado pela pela Continue

Estamos comemorando 1 ano de Catálogo! Acesse o Catálogo de OUTUBRO 2018 aqui Dê preferência à nossos irmãos que são empresários (seja com uma empresa, seja com serviços particulares). Eles se comprometeram a abençoar missionários. A nossa parte é utilizar seus produtos e serviços e ajudar a divulgar este Catálogo! #vamosjuntos com os missionários

Poline Mendy conheceu ao Senhor na aldeia de Baraka Banao lendo Gênesis 3, tendo consciência do pecado e entendendo o motivo de tanto ter sofrido na hora de dar à luz a seus 11 filhos. A partir daquele dia, Poline entregou sua vida a Jesus e desde então tem crescido de fé em fé. Em decorrência do problema de guerra em Casamnace, todas as famílias da aldeia foram obrigadas a deixarem seus lares. Há mais de cinco anos, Poline vive com seus filhos em dois Continue