Marvyo e Priscila

Missionários Marvyo e Priscila

Marvyo e Priscila são um jovem casal que decidiu atender ao chamado irresistível de Deus. Eles foram chamados a amar, a doar e a servir ao povo senegalês.

O Chamado

Marvyo sempre foi muito engajado nos trabalhos evangelísticos de sua igreja local, Assembleia de Deus Templo Central de Fortaleza.

O ministério que fazia seu coração arder era o Evangelismo Noturno, que apesar dos perigos enfrentados nas favelas durante as madrugadas, ele via o agir de Deus nas mais diversas formas. Enquanto trabalhava em sua igreja, ele esperava o momento certo do cumprimento das promessas do Pai pra sua vida.

Aos doze anos, Priscila teve convicção do seu chamado, lendo Josué 1:8-9. Dedicou-se inteiramente tanto aos trabalhos em sua igreja local, Cristã Evangélica Adonai, quanto aos projetos de férias da Juvep, nos interiores do Nordeste.

A união

Foi em Iguatu, interior do Ceará, em um encontro de Missões e Evangelismo, que eles se conheceram. Não tinham quase nada em comum; Marvyo com seu jeito divertido e Priscila com seu jeito mais acanhado. Contudo, existia algo que era notório nos dois, o amor a Deus e a vontade de servi-Lo.

Dois anos depois do primeiro encontro, casaram-se. Em seguida, começaram a trabalhar voluntariamente na Secretaria De Missões (Semadec) fazendo mobilizações e divulgações missionárias, e trabalho de escritório.

O envio

O casal se dispôs a servir ao Senhor onde houvesse necessidade. A princípio seria Moçambique, pois havia necessidade de profissionais na área de educação para atuar em uma escola. Como suas formações acadêmicas eram nessa área, eles se dispuseram.

Contudo, o Senhor tinha traçado outros planos. E foi para o Senegal que o casal foi enviado, pela igreja Assembleia de Deus Templo Central, para cuidar de uma escola no sul do país.

O trabalho

Desde 2009 residem no sul do Senegal, na região de Casamance. Essa região é marcada pelos conflitos separatistas, que até hoje refletem seu histórico de guerra.

Eles trabalham com projetos sociais na área de saúde e desporto, assim como implantação de igreja.

A princípio, moravam na aldeia de Bourofaye Bainounck, onde construíram a Escola Esperança e Vida.

Depois do nascimento do seu primeiro filho, Asafe, eles decidiram morar na cidade de Ziguinchor e começaram a se reunir como igreja na garagem de sua casa.

Escola Esperança e Vida

Espoir et Vie, nome da escola em francês, atende entre 50 a 70 crianças nas faixas etárias de 3 a 6 anos.

É com muito amor que eles abraçam  essas crianças, oferecendo-lhes os conteúdos pedagógicos do currículo senegalês, lanche todos os dias e o mais especial: as verdades bíblicas através das histórias de Jesus.

Igreja Maranatha

Há quatro anos, começaram a se reunir como igreja na garagem de sua casa em Ziguinchor.

Ainda são um número pequeno, contudo eles tem lutado para perseverar em meio às perseguições. Ter uma igreja em um país com 94% de muçulmanos é um desafio, mas Deus os tem fortalecido.

Há pouco tempo conseguiram comprar um terreno onde será construído o prédio da igreja. Eles confiam na direção e na provisão do Senhor!

A família

Marvyo e Priscila tem dois filhos, Asafe (5) e Álef (1).

Asafe ama desenhar! Ele se expressa muito bem através dos seus desenhos. Além dos desenhos, ele é apaixonado pela natureza e sobretudo pelos animais.

Álef ama música, dança com alegria ao som do tambor africano. A bola é o brinquedo que mais atrai sua atenção e desde pequeno já mostra intimidade com ela!

Morar em solo africano é um grande desafio, principalmente quando se tem filhos.

Contudo, eles expressam gratidão pela honra de servir ao Senhor em uma terra tão longínqua e esquecida por muitos, mas não pelo Deus das Nações!

Endereço: BP 1115 | Ziguinchor- Sénégal

Dados Bancários: Banco Bradesco | Agência 3456 | Conta corrente 0013279-9 | em nome de Marvyo Darley Albuquerque Alves | CPF 622 693 993-15

WhatsApp: +221 77 778 67 68

Sobre missoesemsuasmaos

Missões em suas mãos nasceu da importância de considerar a caminhada.

Alguns missionários, por vezes, tem caminhado sozinhos. Considere algumas possibilidades de atitudes que podem ser adotadas para caminhar com um missionário!

Acompanhe aqui algumas histórias missionárias e se disponha a caminhar com algum deles.

Se importa? Faça contato com um missionário!

Sou Júlio e meu coração pulsa por caminhada!
Vamos conversar mais?

missoesemsuasmaos@gmail.com
+55 61 98147-2584 (Tim e WhatsApp) com Júlio

1 comentário


  1. Muito bom! Deus abençoe aos parceiros da missões em suas mãos que tem feito um ótimo trabalho de assistência missionária. Cada dia no campo é um novo desafio que com a ajuda do corpo de Cristo tudo se torna possível .
    Um abraço , juntos pela obra e pelo Deus da obra!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.