Família Xavier – Projeto Terra dos Livres – Bangkok, capital da Tailândia

Saulo e Daniela são casados desde 2006 e tem duas filhas: Laura e Helena. Vivem em uma união se sentimentos marcada pelo compromisso com o Reino de Deus, que se move em direção especial, àqueles que ainda não tiveram e não têm tido a oportunidade de ouvir o Evangelho, pelo menos uma vez. “Como Igreja do Senhor, entendemos claramente que devemos cumprir a Grande Comissão e levar o Evangelho a todos os povos, línguas e etnias, tanto aos povos de perto quanto aos de longe. Unidos nesse propósito, acreditamos que muitos crerão n’Aquele que nos amou primeiro, nos chamou e nos envia.”

Saulo é bacharel em Jornalismo, mestre em Estudos da Tradução pela UFSC, com Doutorado em andamento. Capacitado em Linguística Aplicada à Educação Bilíngue Intercultural a partir da Missão ALEM/Wycliffe Brasil, com foco em Tradução da Bíblia e em métodos de Alfabetização Intercultural. Profissional Tradutor e Intérprete de Língua de Sinais há 12 anos. Membro da equipe de consulta sobre povos minoritários (Surdos) da Associação de Missões Transculturais do Brasil (AMTB). Com sua família, é membro da Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB Maranatha), em Goiânia-GO.

Daniela é graduada em Gastronomia com foco em Cozinha Indo-Tailandesa. Há mais de 20 anos, tem desenvolvido ministério nas áreas de Comunicação Institucional e Gestão Estratégica de Mobilização Missionária de igrejas locais. Cursou Geografia na UFG e tem atuado ainda com o ensino de Missões, Marketing e Gestão de Projetos Missionários Transculturais. Fez parte do Conselho Nacional de Líderes do movimento “Perspectivas Brasil” por 6 anos. Hoje, tem sido colaboradora e consultora estratégica de agências missionárias no Brasil.

 

Foco de Ministério

Saulo e Dani tem buscado a atuação entre Surdos Tai e pessoas em vulnerabilidade social que passam por riscos de exposição ao tráfico humano e à indústria da prostituição. Os missionários Saulo e Daniela Xavier têm usado sua formação em Linguística Aplicada e Gastronomia como ferramentas para o exercício ministerial.

Porque a Tailândia?

A Tailândia está no Sudeste da Ásia e tem cerca de 70 milhões de habitantes. Estima-se que há uma média de 1,2% de cristãos professos, sendo que, desses, apenas uns 0,7% são declaradamente “cristãos evangélicos”. Com uma esmagadora maioria budista (mais de 90%), percebe-se uma extrema urgência de se anunciar o Evangelho, comunicando a Esperança em que nele há.

Em meio a essa realidade, chama-se a atenção ao contexto específico e não menos problemático das Pessoas Com Deficiência – PCDs, como o caso dos Surdos Tai, por exemplo. Em nações onde a fé cristã é minoria, como na Tailândia e em tantas outras afins, os Surdos, por serem uma população linguisticamente específica e minoritarizada, terminam sendo duplamente não-alcançados. Além de não serem cristãos, ainda existe a barreira de que não são todos os obreiros locais que têm conseguido lhes comunicar o Evangelho de modo racional e inteligível, tanto linguística quanto culturalmente falando. Logo, nesse grupo, desdobra-se todo um universo de atividades ministerais.

Missionários Saulo e Daniela

WhatsApp: +66 98 858 8524

Endereço para Cartas: 606/153 Sukhumvit 77 | Lumpini Ville 01 Building 01 | Suan Luang | Bangkok | Tailândia | Ásia | 10250

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais informações em http://missaokairos.com.br/index.php/projeto-terra-dos-livres

 

Sobre missoesemsuasmaos

Missões em suas mãos nasceu da importância de considerar a caminhada.

Alguns missionários, por vezes, tem caminhado sozinhos. Considere algumas possibilidades de atitudes que podem ser adotadas para caminhar com um missionário!

Acompanhe aqui algumas histórias missionárias e se disponha a caminhar com algum deles.

Se importa? Faça contato com um missionário!

Sou Júlio e meu coração pulsa por caminhada!
Vamos conversar mais?

missoesemsuasmaos@gmail.com
+55 61 98147-2584 (Tim e WhatsApp) com Júlio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.